Parceira do NITA, a Horus Aeronaves é ganhadora do EnergyStarter da ENEL

//Parceira do NITA, a Horus Aeronaves é ganhadora do EnergyStarter da ENEL

Parceira do NITA, a Horus Aeronaves é ganhadora do EnergyStarter da ENEL

 

É com muito orgulho que anunciamos que a Horus foi premiada na chamada EnergyStarter realizada pela ENEL, líder mundial no segmento de energia e gás.

No evento, que foi realizado na semana que passou em São Paulo, Ernesto Ciorra, Fabio Tentori, Robert Denda e Bruno Cecchetti homenagearam as startups escolhidas pelas linhas de negócios globais Enel X e infraestrutura e redes.

Participaram desse processo seletivo mais de 700 empresas e apenas 7 startups foram selecionadas, entre elas a Horus.

De três categorias, a Horus foi premiada em duas:

  • Investimento de R$ 2.1 Milhões
  • Imersão no Vale do Silício

Esta premiação tem como intuito a realização de um P&D para o desenvolvimento de tecnologias embarcadas no VANT para monitoramento no setor energético, seja para inspeções de torres de energia, parques eólicos e painéis solares. Com o uso dos drones e softwares desenvolvidos pela Horus, as informações geradas trazem redução de custo, aumento de agilidade, precisão e segurança em suas operações de inspeção de ativos de geração e transmissão de energia.

A Imersão no Vale do Silício ocorrerá em setembro, no Hub de Inovação da ENEL.

Para Lucas Bastos, COO da Horus, participar desse projeto de chamada pública tem uma significância ímpar para a Horus. É uma oportunidade de engrandecimento nos projetos, desenvolvimento de novos algoritmos de inteligência artificial e traz inovações necessárias ao setor como por exemplo o processamento de dados em tempo real. Por ser uma tecnologia disruptiva, é uma oportunidade única de aprendizado da equipe.

Um pouco mais sobre a Horus Aeronaves

A Horus Aeronaves é uma agtech brasileira, fundada em 2014 por três engenheiros mecânicos, graduados pela Universidade Federal de Santa Catarina. A empresa possui sede e fábrica em Florianópolis-SC e escritório comercial em Piracicaba-SP.

A Horus possui como core business a fabricação de drones asa fixa com estrutura em fibra de carbono com foco em mapeamento aéreo para monitoramento agrícola. A operação completa se dá com o voo do drone e o processamento das imagens. Primeiramente, a sequência de imagens capturadas pelo VANT é ortorretificada, formando o mapa ortomosaico. Com isso, é possível obter diversos mapas de superfície, de terreno, animações em 3D, nuvem de pontos para, por exemplo, calcular áreas, relevo, volumes e distâncias.

Além da fabricação dos drones e com o compromisso em entregar informações e resultados das propriedades, desenvolveu uma Plataforma de Processamento de Imagens On-line. Com o uso de algoritmos inteligentes, são extraídos diversos dados fundamentais para o aumento da lucratividade e tomadas de decisões estratégicas, como por exemplo, contagem de indivíduos da cultura, identificação de linhas e falhas de plantio, identificação de pragas, doenças e estresse, aplicação de índices de vegetação para análise da saúde da plantação, mapas de aplicação em taxa variável e exportação de shape files, integrados às maiores marcas de tratores do mercado. Com essas informações, o produtor pode acompanhar melhor o desenvolvimento de sua cultura,  atuar com ações preventivas rápidas e precisas, integrar os sistemas de máquinas agrícolas, otimizando sua produção.

Com essas informações, o produtor pode acompanhar melhor o desenvolvimento de sua cultura,  atuar com ações preventivas rápidas e precisas, integrar os sistemas de máquinas agrícolas, otimizando sua produção.

Hoje, com o desenvolvimento dessa inteligência, a plataforma e os algoritmos da Horus integram com os principais players de gestão de dados do Agro como Totvs, Senior, Climate Fieldview e CNHi. Essa mesma tecnologia pode contribuir para o setor energético, na redução de custos e risco operacional nas inspeções de ativos de geração e transmissão de energia, identificando automaticamente anomalias e não conformidades nas linhas de transmissão, aerogeradores, e painéis solares.

Acesse aqui para mais informações

 

Compartilhar
2018-08-14T09:18:01+00:00 31 julho, 2018|

Comentários

Deixar Um Comentário

Verificação de segurança *